Canal de notícias

Sintomas da fadiga e do sono ao volante.

Pesquisas mostram que a fadiga e o sono são responsáveis por 50% dos acidentes no Brasil.

Conheça algumas das causas, sintomas e efeitos do cansaço e como evitá-lo ao volante.

Cansaço: O que provoca sono vai muito além de poucas horas de sono. Há também excesso de trabalho físico ou intelectual, refeições pesadas, estresse, doença ou uso de medicamentos, muitas horas de condução e monotonia, posição de dirigir desconfortável, temperaturas extremas (calor ou frio), habitáculo pouco arejado, deficiências visuais (que forçam a vista) e dirigir à noite sem o devido preparo.

Sintomas: Quem tem pressa de chegar costuma ignorar sinais evidentes de sono, como bocejos frequentes, meneadas de cabeça, dificuldade de concentração, olhos pesados e as famosas "pescadas", com a consequente dificuldade de mantê-los abertos e focados. Ficar subitamente mal-humorado (feito criança pequena), com cãibras e entorpecimentos de pernas e braços, impaciente e com reações lentas também mostra que é hora de descansar.

Efeitos: Motorista cansado se nota de longe. Ele se parece com um bêbado, mudando subitamente de faixa e tendo dificuldades para se manter em linha reta. Também não consegue ver bem as placas de trânsito e demora mais a reagir a coisas inusitadas, como alguém que freie bruscamente ou um cachorro que atravesse a pista. Por fim, pode perder o controle do veículo e bater, causando a própria morte ou a de pessoas que não têm nada a ver com sua noite mal dormida.

Atenção à saúde e tão importante quanto atenção à direção e ao transito.

Voltar

Encontre sua notícia


Acompanhe nossas notícias

Seja um agregado

Estamos cadastrando.

Selo Selo

© 2020. TRANSAC. Todos os Direitos Reservados. | Desenvolvido por: Cliecom Marketing Digital.